1% do FPM, pode ter servido para bancar compra de carros e cirurgias plásticas…

 

Analisando a necessidade de cada município do Maranhão, é possível observar que o recurso extra que entrou no dia 9 de dezembro, ou o 1% do FPM teria servido e muito para resolver problemas emergenciais nos municípios. 

Para se ter uma ideia o recurso extra alcançou a casa dos 22 milhões de reais na capital São Luís, os menores municípios receberam entre 300 e 700 mil reais.

Alguns gestores aproveitaram para quitar folhas de pagamentos, e priorizar as necessidades básicas dos municípios, porém outros não, mesmo com tantos recursos o Maranhão está infestado de prefeituras com salários atrasados, e caos em todos os setores administrativos. 

 A falta de fiscalização e controle a cerca dos recursos recebidos nos últimos meses, fez com que alguns gestores descompromissados usassem o dinheiro para benefício próprio. 

O blog ainda foi informado que prefeitos de vários municípios do Maranhão estão aproveitando o fim de ano para trocar de carro, comprar apartamento em áreas de luxo e até fechar boates pela capital São Luís, e até mesmo em Brasília. Outro setor de grande adesão dos políticos foi as clínicas de estética, primeiras damas de alguns municípios e até mesmo alguns prefeitos estão aproveitando o fim de ano para “tampas” rugas e rejuvenescer.

Só é desconhecido quem está bancando a “farra.” 

Deixe uma resposta